December 15, 2017

728 x 90 Leaderboard Ads
728 x 90 Leaderboard Ads
728 x 90 Leaderboard Ads
728 x 90 Leaderboard Ads
728 x 90 Leaderboard Ads
728 x 90 Leaderboard Ads
728 x 90 Leaderboard Ads
728 x 90 Leaderboard Ads
728 x 90 Leaderboard Ads
728 x 90 Leaderboard Ads
728 x 90 Leaderboard Ads
728 x 90 Leaderboard Ads
728 x 90 Leaderboard Ads
728 x 90 Leaderboard Ads
728 x 90 Leaderboard Ads
728 x 90 Leaderboard Ads
728 x 90 Leaderboard Ads
728 x 90 Leaderboard Ads
728 x 90 Leaderboard Ads
728 x 90 Leaderboard Ads
728 x 90 Leaderboard Ads

Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR) é contrária à regulamentação de ozonioterapia como tratamento complementar para artrite reumatoide

THIS POST WAS ORIGINALLY PUBLISHED ON THIS SITE Click Here To Read Entire Article

Nesta quinta-feira, 7,  a Comissão de Seguridade Social e Família, realiza audiência pública,  na Câmara dos Deputados, para discutir Projeto de Lei do Senado, que prevê a autorização  da prescrição da ozonioterapia como tratamento médico de caráter complementar em todo o território nacional.

SÃO PAULO, 7 de dezembro de 2017 /PRNewswire/ — Em carta aberta à Comissão de Assuntos Sociais (CAS), do Senado Federal,  senadores, entidades médicas e setoriais, a Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR) se manifestou contrária à adoção da ozonioterapia como terapia complementar ao tratamento de artrite reumatoide (AR), pois não há evidência científica suficiente sobre sua segurança e eficácia a longo prazo. Na carta, datada de outubro – e assinada pelo presidente da entidade, Dr. Georges Christopoulos, a SBR pondera que não há estudos suficientes que demonstrem a eficácia dessa alternativa de tratamento para a artrite reumatoide, como não são conhecidos os seus potenciais efeitos lesivos a longo prazo.  

Em minucioso levantamento bibliográfico sobre o tema, foram encontradas poucas referências científicas que justifiquem a adoção da ozonioterapia como ferramenta eficaz e segura para o tratamento da AR – desses, somente um estudo foi realizado em humanos e numa população restrita (30 pacientes). O levantamento bibliográfico abrangeu publicações existentes nas  bases MEDLINE, SciELO, PubMed e EMBASE até setembro de 2017.

A ozonioterapia consiste na mistura, em  determinadas concentrações, de ozônio e nitrogênio, com aplicação por vias específicas – sendo totalmente proibida sua inalação ou aplicação por via respiratória, por ser extremamente nociva, podendo causar de lacrimejamento à morte em minutos dependendo da concentração usada.

SOBRE A SBR – A Sociedade Brasileira de Reumatologia – SBR é uma associação civil científica, sem fins lucrativos, fundada em 1949, com o objetivo de promover o desenvolvimento cientifico e da especialidade no Brasil. Hoje, conta com mais de 2 mil associados, distribuídos em 24 sociedades regionais estaduais e mantem assessorias e comissões científicas por áreas de especialidade, além de representações em associações nacionais e internacionais e junto ao Ministério da Saúde. A SBR é responsável pela certificação de especialistas em reumatologia, área médica que engloba mais de 120 diferentes doenças. É filiada à Associação Médica Brasileira.

Para mais informações, acesse www.reumatologia.org.br e siga suas ações, iniciativas e novidades pelo Facebook

Contato – 11.3289-2699, Imprensa-sbr@spmj.com.br

FONTE Sociedade Brasileira de Reumatologia – SBR

SOURCE Sociedade Brasileira de Reumatologia – SBR

Related Links

http://www.reumatologia.org.br

About The Author

Related posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

%d bloggers like this: